Frases Soltas do Pensador (www.pensador.info)

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Olhos de Outono

Algum dia quero falar dos seus olhos,
Olhos da cor das folhas amareladas
Que caem das árvores em tardes de outono,
Olhos da cor do Sol, logo ao amanhecer,
Olhos da cor do ocre,
Com mil histórias gravadas,
Olhos com o brilho do citrino,
Reluzentes, vivos, intensos...
Ainda quero transformar em palavras
Tudo o que dizem esses olhos,
Tão claros, tão raros.
Ainda quero traduzir as sensações,
Olhos que adentram, revolvem, 
Instigam.
Ainda vou escrever uma poesia
Sobre seus olhos,
Esses olhos
Dourados,
Seus olhos de outono.
Algum dia...
Te tiro da minha poesia,
Te arranco das lembranças,
Te trago de volta para a minha vida,
Você e seus olhos,
Esses olhos...flamejantes...
Seus olhos...olhos que os meus ainda buscam
Esses olhos...que trazem a minha saudade
Em suaves tons de sépia.