Frases Soltas do Pensador (www.pensador.info)

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Relatos de uma canceriana...


...aí você, boa canceriana que é, guarda aquele tesouro, por muitos e muitos anos, do qual jamais abre mão: cartas, bilhetes, cartões, fotografias, o flyer do show do Beto Guedes que vocês acabaram não indo, a capa do livro, onde ele escreveu, como dedicatória, um trecho da música "A Maçã", do Raul Seixas, aquele lenço onde você pediu a ele que aspergisse um pouco daquele perfume, Stilleto, que ele usava, as velhas alianças de compromisso, com seus nomes gravados, os discos do Led Zeppelin que ele esqueceu em sua casa...tudo isso bem guardado naquela caixa que te acompanha há anos...além disso, dentro do baú da memória, as lembranças que jamais te deixaram, as músicas que vocês gostavam.
Sim, perfeitamente plausível! Você é Canceriana! Cancerianos podem viver uma coletânea de histórias em toda as suas vidas, mas, apenas uma eles elegerão como A Grande História de Suas Vidas, aquela que merece ser lembrada e contada para seus amigos, seus filhos, seus netos...o seu Zahir. O Romance Ideal.

domingo, 13 de maio de 2012

Juramento


Algum dia, em minha vida,
Jurei, diante de tudo em que acredito,
Tomar, para mim, sua sorte,
Viver seu karma,
Sentir suas dores,
Ser seu escudo,
E nunca deixá-lo só.
Jurei que o mal que o pudesse atingir
A você não chegaria,
Pois que me atingisse primeiro.
Ofereci meu destino em troca do seu,
Negociei minha felicidade
Para manter a sua,
Me entreguei e nada pedi de volta,
Além do seu sorriso.
Hoje, me perco em lágrimas,
Pois, levada pelo impulso,
Atingida pela dor,
Cega que fui, te feri, sem saber,
Julgando que eu estava a me defender.
Fui responsável pelo duro golpe
Que te atingiu.
Quebrei minha promessa, falhei,
Ouvi seu pranto, sem nada poder fazer.
Senti sua dor, aceitei minha culpa,
Me julguei, me condenei,
E minha sentença será seu distanciamento.
Nada peço, nada quero,
Nada mais.
Somente sua felicidade,
Seja onde for,
Com quem for,
Quero ver seu rosto iluminado
Pelo lindo sorriso que me encantou.
Não importa que me culpe,
Que não me queira por perto,
Aceito minha pena.
Pago esse preço pela sua felicidade.
Seu riso brejeiro ecoando pela noite,
O brilho dos seus olhos,
Seus caminhos em suas mãos,
Te peço: Seja feliz!
Pois, sua alegria de volta
É o maior bálsamo
Para a dor que sinto
Por ter causado suas lágrimas.
(janeiro/2012)