Frases Soltas do Pensador (www.pensador.info)

domingo, 13 de abril de 2008

Dido - White Flag



Hora de Partir


esse é o momento
em que a realidade se apresenta
diante de nós...
nua...crua...fria...dolorosa,
um sentimento unilateral:
de você, veio apenas o desejo
de mim...amor.
chegou a hora de partir,
dizer adeus a meus sonhos,
ilusões alimentadas há muito,
aos momentos que vivemos,
instantes em que tanto te amei,
enquanto você apenas me desejava.
deixo-te seguir,
preciso partir,
não me culpe pelas minhas escolhas,
se te entrego nas mãos de outra,
é porque jamais me pertenceste.
se me perco nos braços de outro,
é porque preciso me distanciar de você.
nossos caminhos não se cruzaram,
se encontraram por um breve tempo,
mas seguem paralelos,
linhas que seguem juntas,
mas jamais se encontram formando uma só.
amo-te com a certeza de que não posso amar,
deixo-te com a tristeza de quem sabe
que jamais foi amada.
porque, quando a realidade se apresentou,
sua escolha foi feita...
e fiquei ali...parada...sozinha...
vendo, em seus olhos, o rancor,
a dor de pensar em perder seu amor,
por causa de alguém que tanto te amou.
ódio por paixão,
total entrega e, em troca, ingratidão.
aceito o que me oferta:
um beijo no rosto,
um obrigado e até mais ver...
hora de partir...
porque durante todo esse tempo,
mesmo me entregando por completo,
você jamais chegou a me pertencer.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Longe de Você


não consigo mais olhar em seus olhos
e ver, dentro deles, tantas mentiras.
ficar ao seu lado e sentir na pele
o quanto dói sua traição,
não consigo mais conviver com esse sentimento,

sabendo que dei minha vida a você

para que, no final de tudo,
você a atirasse em uma lata de lixo;
saber que te dei meu amor

e você o transformou em banalidade.
não consigo mais te amar

e saber que os meus maiores sonhos
foram muito melhores do que a realidade.
criei, em torno de você, um ideal,

o fiz tão perfeito, tão verdadeiro,

hoje tenho que te ver e aceitar,
que, vindo de você, apenas há falsidade.

já quis seguir seus passos,

já desejei fazer parte de sua vida,

já sonhei tê-lo em meus caminhos,
mas, agora o único caminho que busco,

é aquele que me levará para bem longe,
completamente longe de você.


boomp3.com

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Mil e Uma Noites


suaves lábios macios
que tocam minha boca,
ávidos olhos
que percorrem meu corpo,
seguindo cada movimento que faço

a música envolvente
me embriaga,
movimentos sinuosos,
diáfanos véus,
meus dedos desenham
arabescos no ar

sentado, você me observa,
como um sultão,
deixando-se levar pela sedução
que paira no ar,
devora-me com um olhar,
não paro...prossigo,
no meu ritual para te conquistar

habib, diz a música,
habib, repito eu
te chamo e te envolvo
com minhas mãos
dispo meus véus um a um
e você, extasiado, me observa

deito-me no macio tapete
e convido-te com um olhar
meus lábios te chamam,
eu, sua odalisca,
você, meu sultão,
deita-te comigo
entregue-se à paixão,
sou sua Sherazade
e te ofereço mil e uma noites...
...de puro prazer.

boomp3.com

Minha Missão: Te Amar


delicio-me no seu corpo,
sentindo o sabor de sua pele,
o calor de seus braços,
você...fonte do meu prazer.
deleito-me ao notar
como combina o toque dos meus lábios
com a maciez dos seus cabelos,
como sua boca se ajusta tão bem
à suave curva do meu pescoço,
como meus dedos passeiam, livremente,
sentindo o calor de sua face.
que belo contraste o de sua pele morena
com a alvura de minha tez!
é como se, dentro de nossos contrastes,
tivéssemos sido feitos um para o outro.
sinto-o tão meu nos instantes
em que está aqui,
pego-me, então, mirando-o
admirando-o,
como se estivesse diante
da mais perfeita obra de arte.
seu perfil se destacando
contra a luz do meu quarto,
seu sorriso, um tanto quanto cínico,
que me provoca e tira o sono.
sua voz...muitas vezes rouca,
pelo prazer que desfrutamos.
tenho, então, a impressão
de que minha grande missão
é te amar.
coisa estranha, a paixão!
nos faz tolos e, ao mesmo tempo,
tão espertos!
nos embriaga,
ainda que nos deixe despertos...
essa paixão que teimou
e resistiu ao tempo
e, ainda hoje, tanto tempo depois,
ainda me pego fitando-o,
com a mesma devoção com que o fitei,
pela primeira vez,
e, sinto, como senti então,
a grande e irrefutável certeza:
de que nasci para te amar.

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Moreno


Moreno você me enlouquece
Com esse seu gingado,
Seu ar despreocupado,
Como quem não sabe
O efeito que causa.
As suas palavras têm o fogo
Que queima em meu ser,
Você me fala e eu só sei
Te querer, te ter.
Sua boca me devora
E eu me entrego,
Sua barba por fazer,
Machucando minha pele,
Mas não sinto dor,
Só prazer...
Moreno...Moreno...Moreno...
Seja meu...Te quero...
Me deixa te pertencer,
Me domina, moreno, com teu bailado,
O teu calor me incendeia,
Esse desejo, esse querer...
Moreno, te quero, te busco...
Te espero...
Vem, síntese do meu prazer,
Me deixa beijar tua boca,
Me deixa deitar com você,
Inteiramente sua eu quero ser.
Vem, me provoca,
Mexe nesses seus cabelos molhados,
Exibe seu peito nu e bem desenhado,
Sua pele suada, sua boca molhada,
Seu beijo ardente,
Vem, moreno,
Esqueça seu nome de anjo,
Despe sua roupa de cigano,
Seja meu vampiro, meu demônio,
Minha perdição...
Vem moreno, me mata...
Me pega em seus braços,
Me faz ser sua paixão.

Seu Beijo


o seu beijo me aquece
com o poder de mil chamas
a percorrerem todo o meu corpo,
é um beijo sedento, desejoso,
ávido...
devora minha boca,
me invade, me possui.
seus lábios inquietos
não se contentam com meus lábios,
buscam minha face, meu pescoço,
me levando à loucura,
enquanto reveza beijos com mordidas,
deixando sua marca em minha pele.
o seu beijo é mais que um beijo,
é simplesmente desejo,
é querer e possuir,
é uma entrega, uma rendição,
puramente paixão...
seu beijo tem magia...
é o beijo que não se vai,
que fica...dias e dias,
o desejo, ainda, aceso,
chamas que não se extinguem,
é um beijo indescritível,
pois jamais eu conseguiria
captar sua essência com palavras,
é um beijo viciante ,
e ainda que te beijasse mil vezes,
precisaria de outras mil
para compreender que seu beijo
foge à compreensão,
é arredio à razão,
mistura de vinho, cigarro e paixão
beijo vampírico, beijo cigano, beijo...
um simples beijo seu e vem a tona
todo o prazer, todo o tesão...
somente você consegue me possuir,
me dominar com seu beijo.

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Cigano


te quero, cigano,
me encanta esse seu bailado,
seus longos cabelos agitando-se,
seus olhos profundos fitando-me,
sua voz rouca instigando-me.
segura minhas mãos entre as suas,
me convida para dançar...
me seduz, cigano, esse seu olhar,
o movimento do seu corpo, seu bailar,
enquanto dança, fica a me cercar...
sou sua, cigano, me toma, me leva,
sem rumo, sem destino, a te acompanhar.
te quero cigano, não resisto,
te puxo para mim e te digo:
"és meu e a mais nenhuma pertencerá."
o som do violão abafa nossas vozes
apenas o nossos corações
são capazes de escutar,
teu corpo junto ao meu,
nossos rostos colados,
a promessa ao pé do ouvido,
você dizendo "sou seu",
palavra de cigano, que jamais se deixa revogar.


Na Madrugada...


as horas que passam rapidamente,
minutos que voam no relógio,

sua imagem em minha mente,

a madrugada que avança,

o sono não vem,

meus pensamentos povoados
com sua presença.
sinto-o ao meu lado,

o ar repleto do seu perfume,

a solidão dói mais
quando sua ausência se faz tão presente.
chamo seu nome, no vazio da noite.

onde está você?

a insônia me domina,

essa espera me alucina,

sinto que está perto,

mas você não está aqui.

então, vencida, apago a luz
e vou me deitar,
subitamente ouço uma voz me chamar,

delírio, loucura...o que será?

é a sua voz que ouço,

abro a porta e, como em um sonho,

ali você está,

você veio,

talvez, atraído pelo meu chamado silencioso,
talvez, quem sabe, como resposta às minhas preces,
eis você diante de mim!

meus olhos se recusam a acreditar,

é miragem, é ilusão?

mas você, sequer, me deixa raciocinar,

me toma em seus braços e me ama ali mesmo,

e transforma minha noite insone
em uma interminável noite de paixão.