Frases Soltas do Pensador (www.pensador.info)

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Crônica-A Decepção




A realidade caiu sobre ela como uma bomba, quando, ela, finalmente, percebeu, que dedicou tanto tempo da sua vida a uma causa perdida.
Ela, que tanto tinha feito-se presente na vida dele, quando o procurou, teve que deparar-se com o vazio da sua ausência.
Sua omissão a estava doendo como punhalada certeira, pior do que traição...ela só queria uma palavra, apenas uma, e ele calou-se.
Ela queria falar de planos, decisões, desabafar um pouco, qualquer coisa...mas ele omitiu-se, uma vez mais.
Então, ela lembrou que ele sempre havia sido assim, sempre fugia nos momentos cruciais, sempre evitava tomar decisões, sempre a deixava sozinha.
E ela sentiu, dentro de si, uma mágoa tão grande, uma dor...ela sentiu vontade de odiá-lo, mas, como ela poderia? Ela, que tanto o amou, ela que se dedicou a ele, entregou-se a ele e por ele...como ela conseguiria?
Não conseguiu...apenas uma frustração por não conseguir odiar...apenas a dor de sentir-se preterida...uma vez mais...
E, tudo o que ela sentiu preencher seu coração, foi um vazio, apenas um grande, imenso e aterrador vazio...
Nunca ela havia, antes, se sentido tão sozinha, até que ele a tivesse lançado no abismo de sua covardia e omissão.
E a decepção se fez presente...companheira constante, má conselheira, junto à solidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário