Frases Soltas do Pensador (www.pensador.info)

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Quarto-Crescente (Ou Eclipse-A história que nunca foi contada)

Era uma vez um Zahir,
imagem persistente,
presença constante, pulsante,
real, ainda que distante.
o Zahir em tudo estava,
no ar, nos lugares,
nas canções, nos sonhos...
Era como uma certeza incerta,
Acreditava-se que ele permaneceria,
Tinha-se como certo que ele a ninguém,
Jamais pertenceria.
Zahir...drama, história interminável.
Então, aos poucos, algo louco
Foi acontecendo...
Uma presença, sutil, pouco a pouco,
Se insinuava...e permanecia...
Olhos da cor do ocre,
Pele de marfim,
Corpo esculpido pelos deuses,
Mente de poeta,
Voz de anjo...
Envolvente, com suas rimas e versos,
Com suas histórias e canções.
Em uma noite, quarto-crescente,
A Lua das coisas eternas,
Ele demarcou seu território...
Eclipse...raro...inesquecível...
Extasiante.
Sob estrelas, ocultas entre nuvens,
A suave brisa acariciante,
Era madrugada e seus braços delineavam
Um amplexo perfeito,
Completando com beijos
Entrecortados de palavras sonhadas.
Ali surgia uma nova história,
Ainda que contada em poucas palavras,
Na plenitude de uma única madrugada,
Enquanto o Zahir, silenciosamente, se apagava,
Uma certeza se concretizava:
Aquele momento sinalizava
Uma história que mal começara
Interrompida pelo tempo e pela distância,
Quem sabe, algum dia...
Ela ressurja não mais como eclipse,
mas,definitiva como o Universo secular,
Não mais história, não mais momento,
Quiçá, realidade...
Olhos cor de ocre que nos meus irão repousar.

4 comentários:

  1. Lindo.. Como o pulsar de um coração que acaba de voltar a bater...

    ResponderExcluir
  2. ...um coração que voltou a bater sob a lua que faz com que as coisas iniciadas em seu tempo, sejam eternas...!
    obrigada, Dinho!
    é uma honra ter você comentando meus humildes textos!
    fico feliz que tenha gostado...a trilogia, como você viu, deixou de ser trilogia e se transformou em série infinita! rsrs
    beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Talvez ele ressurja como a luz do meio-dia, já que ele costuma ser total, ser um clímax de todas as coisas das quais fala...cuidado pra não se deixar queimar por ele, pois ao aproximar de seus passos, ele respirará, e os pelos de sua coluna vertebral irão despertar a secreta Kundalini em você, irão te plenificar os olhos de "athanor"...

    Desvende do que falo, e saberás...saberás muitas coisas...

    Bjs! .'.Salutis.'.Punctis.'. Trianguli.'.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Ebrael! já estou desvendando o que disse!
    bjs

    ResponderExcluir